Aviso à População

Orientações para a Execução do Programa de Vigilância Sanitária das Zonas Balneares Interiores 2018.

Lembrar que a SALMONELLA é uma bactéria patogénica que chega a água após a sua libertação desde o intestino de homens e de animais (fezes) podendo PROVOCAR RISCO PARA A SAÚDE DOS BANHISTAS.

Relembrar que a Albufeira da Queimadela é a única PRAIA FLUVIAL do Concelho de Fafe.

Todas as placas com sinalética enganosa para a população (“praia fluvial de…”) que incitam ao banho em locais não recomendados colocando em risco a saúde dos utilizadores destes espaços, dado que tão só são Zonas de Recreio e Lazer (ZRL) NÃO aconselhadas por tanto para o banho.

Entrega de Prémios aos Melhores Alunos

Junta de Fafe celebrou 32 anos de elevação a cidade com cerimónia de entrega de prémios aos melhores alunos das escolas da freguesia. O evento teve lugar na Sala Manoel de Oliveira, que lotou, com convidados, e familiares dos alunos.

Dia da Cidade de Fafe

A Vila de Fafe foi elevada à categoria de cidade a 23 de Agosto de 1986 fruto de uma iniciativa do deputado parlamentar Dr. António Marques Mendes com um projeto de lei aprovado por unanimidade. Também o monumento da Justiça de Fafe está de parabéns, celebrando 37 anos da sua existência, neste mesmo dia. Uma homenagem à Lenda da Justiça de Fafe, que alude a um episódio do séc. XVIII protagonizado pelo visconde de Moreira de Rei um deputado às cortes que terá chegado atrasado a uma sessão daquele órgão monárquico, tendo sido censurado grosseiramente por um marquês, também deputado, que lhe chamou “cão tinhoso”. Na época, os conflitos resolviam-se em duelo e ao ofendido cabia escolher as armas e, quando todos pensavam que iria preferir espadas ou pistolas, o visconde apresenta-se para o reencontro munido de dois resistentes varapaus. O marquês não sabia manejar tal arma e acabou por levar uma grande sova. Os assistentes não se contiveram e gritaram, em coro, “Viva a Justiça de Fafe”.