Portugal – Estado de Alerta

O processo de desconfinamento em Portugal está a ser possí­vel num quadro de estabilidade, sem aumento significativo de novos casos de covid-19 e sem pressão do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A evolução registada mostra que foi possível desconfinar sem um aumento significativo de novos casos e sem qualquer pressão de procura em relação ao SNS, mantendo-se estável a taxa de risco de transmissibilidade (Rt).

Baixará o ní­vel de prontidão até ao final da pandemia passando a existir o estado de alerta até ao final da pandemia – o mais baixo de prontidão na lei da Proteção Civil.

Portugal contabiliza pelo menos 1.549 mortos associados à covid-19 em 40.415 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).